quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Mais informações do show do Red Hot Chili Peppers em Belo Horizonte

Produção abre mais um lote de ingressos para ver Red Hot Chili Peppers em BH.


Red Hot Chili Peppers se apresentará na capital mineira no dia 02 de novembro de 2013


Quem ainda não tinha garantido as entradas para conferir os shows do Red Hot Chili Peppers e Yeah Yeah Yeahs, no Circuito Banco do Brasil, tem mais uma oportunidade.

Nesta quinta-feira, o Circuito Banco do Brasil anunciou a abertura de mais um lote de ingressos para os shows que serão realizados neste sábado, 2, no Mega Space, em Santa Luzia. As grandes atrações da noite são as atrações internacionais Yeah Yeah Yeahs e Red Hot Chili Peppers, que se apresentam pela primeira vez em Minas Gerais.

Para garantir sua entrada basta acessar o site. Os ingressos custam R$ 120 (meia) e R$ 240 (inteira) mais as taxas de serviço.

O evento começa cedo, com abertura dos portões às 14h.  A programação é dividida em dois palcos:

Programação
Palco Brasil
16h30 Tianastácia
17h40 Gaby Amarantos com participação especial de Fernanda Takai
19h40 Banda vencedora do concurso Som Pra Todos

Palco Circuito
18h30 Jota Quest
20h O Rappa
21h30 Yeah Yeah Yeahs
23h20 Red Hot Chili Peppers

Saiba o que você pode levar e os objetos que são proibidos:

Objetos proibidos
Objetos de plástico, vidro ou metal, guarda-chuvas, cadeiras/banquinhos, objetos perfurantes ou cortantes, bebidas, skate, bicicleta, capacete.

Objetos permitidos
Mochilas, bolsas, capas de chuva, câmeras não profissionais, bandeira sem mastro, no máximo cinco itens de alimentação por pessoa (de preferência, alimentos industrializados devidamente lacrados, frutas cortadas e sanduíches acondicionadas em embalagem do tipo “zip lock”).

Fonte: Otempo.com.br

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Red Hot Chili Peppers e Neil Young irão se apresentar em Silverlake, Califórnia - 30/10/2013


Neil Young vai se apresentar em um show beneficente para o Silverlake Conservatory of Music que será apresentado por Flea e Anthony Kiedis do Red Hot Chili Peppers.

A organização anunciou na sexta-feira que o concerto terá lugar no dia 30 de outubro de 2013, em Silverlake, na Califórnia. Os Red Hot Chili Peppers também vão tocar no evento.

Flea fundou o Silverlake Conservatory of Music em 2001. A organização oferece aulas de música e bolsas de estudo.

O baixista dos Chili Peppers disse em um comunicado que está "grato" por toda a ajuda que tem recebido para a organização. Ele disse que o fato do Neil Young se apresentar é "a maior bênção."

Haverá também um leilão com doações de Marc Jacobs, Tony Hawk, Pearl Jam, Gucci, entre outros. A entrada para o show custa US$ 2.000 por pessoa, mesas para 10 pessoas custa US$ 25.000.

Site do Silverlake Conservatory of Musichttp://www.silverlakeconservatory.com

Fotos:



terça-feira, 29 de outubro de 2013

Chad Smith na capa da revista Rhythm Magazine - Novembro/2013


O baterista do Red Hot Chili Peppers, Chad Smith, está na capa da revista Rhythm Magazine, edição de novembro de 2013.

Em entrevista, o baterista falou do futuro do Red Hot Chili Peppers, dos projetos que os outros integrantes do Red Hot Chili Peppers possuem e destacou o show do Red Hot Chili Peppers no Brasil em novembro deste ano.

 "Nós vamos tocar no Brasil em novembro, e depois disso, vamos começar a escrever novas canções." 
 Chad Smith.

Vídeos:


segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Red Hot Chili Peppers - Don't Forget Me (Vídeo Montagem)

O canal FruscianteWorld no YouTube frequentemente posta vídeos montagens de músicas do John Frusciante e Red Hot Chili Peppers com imagens incríveis, dignos de um videoclipe.

Vale a pena ver o vídeo da música Don't Forget Me, música presente no álbum By The Way (2002).

domingo, 27 de outubro de 2013

Review: #RHCPinBRAZIL - Anhembi 2011

Faltando menos de uma semana pro retorno do Red Hot Chili Peppers no Brasil, vale a pena rever um vídeo mostrando a fila dos fãs de Red Hot Chili Peppers no show da banda na Arena Anhembi em São Paulo, SP no dia 21 de setembro de 2011.

sábado, 26 de outubro de 2013

Vídeo: Chad Smith tocando as músicas Warped e Charlie

Ainda em comemoração do aniversário do nosso querido e amado baterista Chad Smith, que ontem completou 52 anos de idade, vale a pena ver um vídeo postado pelo próprio Chad Smith em seu Chad's Drum App com apresentações das músicas Warped (One Hot Minute) e Charlie (Stadium Arcadium).

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Parabéns Chad Smith!


Hoje, 25 de outubro de 2013, nosso baterista comemora 52 anos!

Vale a pena ler um pouco da história e trajetória do nosso grande baterista, desde sua infância até o sucesso!

Início 
Chad Smith começou a tocar bateria aos 7 anos, enquanto vivia com sua família em Bloomfield Hills, Michigan. Chad Smith começou a ter aulas de bateria na 4 ª série. Enquanto crescia, o amor Chad Smith para a música foi estimulado por seu irmão Brad, mostrando-lhe bandas como Led Zeppelin e o Deep Purple, que tinha como baterista Ian Paice, que deixou uma impressão muito grande em Chad Smith, depois de assistir ao show da banda pela televisão escondido de sua mãe.

Com apenas 11 anos, Chad Smith já estava tocando com Brad na banda cover Conspiracy Rockin'. Eles tocavam The Doors e Led Zeppelin em bailes escolares. Depois ele passou a integrar diversas bandas do estado, como Tilt, Tyrant, Terence e E-Trian além de Toby Reed, com a qual gravou discos e saiu em turnê como ato de suporte para a banda Kansas, e tendo, durante todo esse tempo variados tipos de emprego paralelos de meio expediente para prover a garantia de seu sustento.

Durante seus anos de colégio, Chad Smith entrou em cena club de Detroit, Michigan, com bandas como Northstar. Depois de estudar na Andover High School, Chad Smith se matriculou na Lahser High School, onde ele finalmente se formou em 1980.

Início na carreira musical 
Segundo Smith, sua primeira grande experiência profissional foi trabalhar com Larry Fratangelo na banda Pharaoh: "Eu tinha chegado ao ponto da minha bateria, onde eu senti que eu era muito bom, mas eu realmente não sabia sobre a dinâmica e as construções de canções. Larry foi fundamental para abrir os olhos e ouvidos para essas coisas." A carreira de Chad Smith como baterista não ia a lugar nenhum rápido. Ele sonhava em tocar com um grande banda, mas as coisas não estavam indo seu caminho. Ele gravou Point Of Entry (1982) com a banda Pharaoh e In The Light (1986) com o grupo Toby Redd. A maioria do trabalho de Smith era da cena musical de Detroit. Eventualmente, Chad Smith decidiu se mudar para uma área diferente do país para perseguir suas aspirações musicais. Ele então se mudou para Los Angeles, Califórnia, onde ele prontamente entrou em uma escola de música.

Entrada ao Red Hot Chili Peppers 

Beirando os trinta anos, Chad Smith, descobriu que o Red Hot Chili Peppers estava fazendo um teste para novo baterista.

Na hora do teste Chad, que tem 1,91 de altura, reparou: "Esses caras são baixinhos'. Eu olhava para as capas dos discos deles e pensava: 'Esses caras vão ser uma tremenda banda de sucesso'. E então eu entrei lá e eles eram baixinhos, e eu muito mais alto que eles. Foi um pouco estranho". Ele descreveu o teste: “Criei e começamos a sacudir. Estávamos apenas improvisando. Eu não sabia que qualquer de suas canções e eles não se importam. Há uma química musical direita fora da batida.”

O teste correu bem. Os Red Hot Chili Peppers tinha encontrado o baterista. Segundo Flea, foi o melhor e mais barulhento baterista que ele tinha visto.

Projetos Paralelos 
Além do trabalho com os Red Hot Chili Peppers, Chad se destacou em álbuns do cantor e baixista Glenn Hughes, mais conhecido por ter sido membro do Deep Purple de 1973 a 76. Chad Smith tocou nos quatro últimos álbuns do músico, sendo que no seu primeiro trabalho com Hughes, Songs In The Key Of Rock Chad só trabalhou em uma faixa, "Get You Stoned", enquanto nos outros ele tocou em todas as faixas. Ele também tocou no álbum ao vivo de Glenn, Soulfully Live in the City of Angels. Chad aparece no clipe de "Love Communion", do álbum First Underground Nuclear Kitchen, de 2008.



Outro um projeto é o Chad Smith's Bombastic Meatbats, um grupo de rock instrumental fundado em 2008 por Chad, Ed Roth e Jeff Kollman quando eles participaram do projeto com Glenn Hughes. Depois o grupo adicionou Kevin Chown como baixista e lançou seu primeiro álbum, "Meet the Meatbats", lançado em 2009. O jornalista Greg Prato da Allmusic comentou:"o grupo especificamente volta o relógio aos anos 70, quando o rock instrumental foi baseado no funk e fusion". Ele também diz "Smith tem sido considerado um dos melhores bateristas do rock, eo álbum de estréia do Bombastic Meatbats só irá fortalecer sua posição." O segundo álbum, More Meat foi lançado em 2010.

Chad Smith também participou de diversas outras gravações, incluindo trabalhos solos de membros do Red Hot Chili Peppers: Trust No One de Dave Navarro em 2001 e Shadows Collide With People de John Frusciante em 2004. Em 2009, Chad participa do álbum da banda japonesa de Hard Rock B'z, intitulado de Magic. Fora da música se juntou ao ator Dick Van Dyke, e gravou um disco infantil, "Rhythm train", que também foi coproduzido por Smith que interpreta alguns personagens e toca bateria.


Com o Chickenfoot, banda formada pelo vocalista Sammy Hagar (ex-Van Halen e Montrose), o baixista Michael Anthony (também ex-Van Halen), o guitarrista Joe Satriani, Chad Smith gravou dois álbuns. O primeiro foi o Chickenfoot (2009) e o segundo foi o Chickenfoot III (2011).

Vida pessoal 
Os pais de Chad são Curtis e Joan Smith. Ele tem dois irmãos mais velhos, Bradley e Pamela. Em 8 de maio de 2004, em Hopetown, Ilhas Ábaco nas Bahamas, Smith se casou pela segunda vez com a arquiteta Nancy Mack, primeiro eles se casaram em 1994, mas eles se separaram em 1998. Eles têm dois filhos juntos, Cash Cole e Beckett e em março de 2012 estão esperando seu terceiro filho como foi anunciado por Smith em sua página no Twitter. Smith, Mack e seus meninos dividem seu tempo entre Malibu, Califórnia e Nova York. Smith tem 3 outros filhos de relacionamentos anteriores; a filha Manon St. John Smith com a primeira esposa, Maria St. John, a filha Ava Cadoso-Smith, e seu filho Justin Smith.

Chad é um fã obstinado do Detroit Pistons e adora jogar golfe, andar de moto, surf e assistir Saturday Night Live. Ele tem uma notável semelhança com o ator Will Ferrell e reconheceu a semelhança em várias entrevistas.

Chad Smith contribui regularmente para as seguintes organizações sem fins lucrativos: MusiCares, Surfer's Healing, uma organização que presta ajuda a crianças que enfrentam Autismo, Right Turn in Boston e Camp Korey.

Gravações com o Red Hot Chili Peppers e Rock And Roll Hall Of Fame 2012 


Chad Smith gravou todos os álbuns a partir do Mother's Milk (1989) com o Red Hot Chili Peppers desde então. O mais recente álbum é o "I'm With You" de 2011. Até o momento, o Red Hot Chili Peppers já venderam mais de 65 milhões de álbuns em todo o mundo. O grupo detêm o recorde de mais hits número um na Alternative Songs (12) e ganharam 6 vezes o Grammy Awards. No dia de 14 de abril de 2012, o Red Hot Chili Peppers entrou na história da música ao entrar no Rock And Roll Hall Of Fame.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Red Hot Chili Peppers - I Like Dirt (Vídeo Montagem)

O canal FruscianteWorld no YouTube frequentemente posta vídeos montagens de músicas do John Frusciante e Red Hot Chili Peppers com imagens incríveis, dignos de um videoclipe.

Vale a pena ver o vídeo da música I Like Dirt, música presente no álbum Californication (1999).

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Review: Um brasileiro no Red Hot Chili Peppers


Matéria publicada pelo site do Belo Horizonte Circuito Banco do Brasil.
Há um brasileiro entre os integrantes do Red Hot Chili Peppers.  Além do quarteto principal, composto por Anthony Kieds, Flea, Chad Smith e Josh Klinghoffer, o percussionista Mauro Refosco foi contratado como músico de apoio para a turnê e gravação do mais recente CD do RHCP, “I’m With You” (2011), que chega à etapa mineira do Circuito Banco do Brasil, em 2 de novembro.
“Peguei o processo bem no começo da gravação do disco. E quando você participa assim, o seu toque fica mais visível, como aconteceu em ‘I’m With You’. Tanto que o primeiro single, ‘Maggie’, ficou bem espontâneo na hora de gravar”, revelou em entrevista à MTV Brasil.
Natural de Joaçaba, o catarinense vive em Nova Iorque (EUA) desde os aos 90, e não conhecia muito as músicas do grupo. Mas como tocou com o Atoms for Peace (projeto paralelo de Thom Yorke, do Radiohead, com Flea), chamou atenção do baixista, o que acabou resultando no convite para tocar com a banda. “Flea enviou uma mensagem perguntando se eu estaria interessado em gravar no disco novo. Depois de refletir longamente por meio segundo (risos), respondi que sim!”, contou em entrevista ao site oficial do RHCP do Brasil.
A história de Mauro com a música, no entanto, é bem mais antiga, e começou quando ele tinha 18 anos e decidiu sair de Santa Catarina para estudar percussão em São Paulo, na Universidade Estadual Paulista (Unesp). Em 1992, mudou-se para Nova Iorque e se formou em Percussão na Manhattan School of Music. Desde então, não parou mais e é apaixonado pelo o que faz.
“Eu estou contente. Imagina uma banda superestabelecida, com uma história de extremo sucesso e você ser convidado para tocar junto. Com certeza é uma coisa sensacional, um dos highlighs da minhacarreira“, afirmou.
Além do Atoms for Peace, o músico participou do grupo Forró In The Dark, que divulga o gênero no exterior, misturando rock, folk, jazz e country. Com a banda, participou da gravação dos álbuns “Bonfires of São João” e “Light a Candle”. O percussionista também já dividiu o palco com grandes nomes como David Byrne, Caetano Veloso e Bebel Gilberto, entre outros.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Red Hot Chili Peppers - Quixoticelixer (Vídeo Montagem)

O canal FruscianteWorld no YouTube frequentemente posta vídeos montagens de músicas do John Frusciante e Red Hot Chili Peppers com imagens incríveis, dignos de um videoclipe.

Vale a pena ver o vídeo da música Quixoticelixer, música bonus track do álbum Californication (1999).

sábado, 19 de outubro de 2013

Atoms For Peace live @ ACL Festival Special Show, Austin, Texas - 13/10/2013

O supergrupo Atoms For Peace formado por Thom Yorke (vocal, guitarra, piano, teclado e percussão), Flea (baixo), Nigel Godrich (teclado, guitarra, backing vocal e percussão), Mauro Refosco (percussão e bateria) e Joey Waronker (bateria) realizou um show especial no ACL Festival em Austin, texas, no dia 13 de outubro de 2013.

Set list:

1. Before Your Very Eyes
2. Default
3. The Clock
4. Ingenue
5. Unless
6. And It Rained All Night
7. Harrowdown Hill
8. Dropped
9. Cymbal Rush
10. Feeling Pulled Apart By Horses
11. Rabbit In Your Headlights
12. Paperbag Writer
13. Amok
14. Atoms For Peace
15. Black Swan

Vídeo:

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Fotos: John Frusciante e Nicole Turley no show dos Bosnian Rainbows (atual banda do Omar) - 05/10/2013

 John e Omar Rodriguez-Lopez em Eagle Rock Music Fest (05/10/2013)
John e Nicole Turley, show dos Bosnian Rainbows (atual banda do Omar) @ Eagle Rock Music Fest (05/10/2013) 

Agradecimentos: Universo Frusciante

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Parabéns Flea!



Hoje, 16 de outubro de 2013, nosso baixista Flea comemora 51 anos!

Vale a pena ler um pouco da história e trajetória do nosso grande baixista, desde sua infância, participações nos álbuns até os dias de hoje.

Início 
Flea nasceu em Burwood, Melbourne, Austrália. Seu pai, Mick Balzary, um ávido pescador, muitas vezes levou-o para pesca. Quando tinha 5 anos foi para Larchmont, Nova Iorque nos Estados Unidos com sua família por causa da carreira de seu pai. Em 1971, seus pais se divorciaram e seu pai retornou a Austrália. Depois do divorcio dos pais, em 1972, Flea e seus irmãos ficaram com sua mãe, que logo se casou com um músico de jazz. A família se mudou novamente para Los Angeles, Califórnia, onde Flea ficou fascinado com o trompete. Ele não tinha interesse em rock na época, ele idolatrava músicos de jazz como Miles Davis, Louis Armstrong e Dizzy Gillespie.


Fairfax HighSchool 
Flea estava estudando na Fair fax HighSchool, e era fascinado com a trombeta, praticando muito também, não tendo interesse em música rock na época. Seus colegas debochavam de seu sotaque autraliano-nova iorquino e de seu "estranho" gosto musical.

Conheceu Anthony Kiedis ainda na escola, e depois de uma breve conversa, os dois se tornaram melhores amigos. Kiedis relembra: "Nós fomos atraídos um ao outro pelas forças do mal, do amor e que nos tornamos praticamente inseparáveis. Encontramos um ao outro e acabou por ser a amizade mais duradoura da minha vida". Flea foi transformando seu gosto para o rock, principalmente o punk rock por um amigo no colégio chamado Hillel Slovak. Slovak pediu-lhe para ser um baixista de uma banda punk estava começando. Ele conheceu Anthony Kiedis, eles tornaram-se companheiros de quarto e depois de um tempo, eles foram oferecidos um show e tocou com um nome provisório. No entanto, todos os shows depois disso, eles eram conhecidos como os Red Hot Chili Peppers. Flea logo adotou o apelido, dado a ele em uma viagem de esqui, em referência à sua natureza nervosa e inconstante.

Vida Pessoal 



De 1985 a 1990 Flea foi casado com Loesha Zeviar. Juntos eles tiveram uma filha, Clara Balzary, que nasceu em 1988. Clara tem sido destaque em muitos livros e documentários dos Chili Peppers, incluindo o documentário da banda chamado Funky Monks. Ela também já apareceu em vários shows e até mesmo como uma criança, desde obras de arte para a banda de camisetas e material promocional. Adulta, Clara foi mais recentemente membro da banda de curta duração The Tints e também é uma fotógrafa, tendo feito as fotos promocionais para o mais recente álbum do Red Hot Chili Peppers, I'm With You.Flea é um antigo torcedor do Los Angeles Lakers junto com o amigo e cantor Anthony Kiedis. Flea se casou pela segunda vez em 2005 com a modelo Frankie Rayder. Eles tiveram seu primeiro filho juntos, Sunny Bebop Balzary, que nasceu em 2005. John Frusciante é o padrinho de Sunny.


Participações em filmes 
Flea Participou de muitos filmes, entre eles: The Wild Side (1983), Thrashin' (1986),Suburbia (1986), Thought Guys (1986), Dudes (1987), Less Than Zero (1987), Stranded (1987), The Blue Iguana (1988), Let's Get Lost (1988), Back To The Future Part II (1989), Back To The Future Part III (1990), My Own Private Idaho (1991), Motorama (1992), Roadside Prophets (1992), Son in Law (1993), The Chase (1994), Just Your Luck (1996), Whiskey Down (1996) , Liar's Poker (1997), Gen 13 (1998), The Big Lebowski (1998), Fear And Loathing in Las Vegas (1998), The Wild Thornberrys (1998) - TV series [voice], Psyco (1998).


Estilo Musical 
Flea exibiu uma grande variedade de técnicas ao longo dos anos, que vão desde o seu uso inicial do slap com os métodos mais tradicionais por ele utilizados desde o Blood Sugar Sex Magik. Greg Prato da Allmusic diz que: "através da combinação do estilo funk no baixo com psicodélico, punk e hard rock, Flea criou um estilo original de tocar que foi copiado inúmeras vezes." Billy Corgan, do The Smashing Pumpkins recorda que, quando viu pela primeira vez o Red Hot Chili Peppers em 1984: Flea estava tocando de forma tão agressiva que tinha feito um buraco em seu polegar e ele gritava de dor entre as músicas, de tanto que doía. Flea é dono de uma Fender Jazz Bass 1961, valorizando-o pela sua "som de madeira velha". Ele tem contribuído para o som do Red Hot Chili Peppers 'não só com o baixo, mas por tocar trompete, assim, que pode ser ouvido em várias músicas, como em "Subway to Venus" e "Taste The Pain" do álbum Mother's Milk e "Torture Me" e "Hump De Bump" do Stadium Arcadium. Flea declarou em uma entrevista que ele foi muito influenciado pelo trompetista Louis Armstrong.

Gravações com o Red Hot Chili Peppers e Rock And Roll Hall Of Fame 2012 

Flea participou de todos os álbuns do Red Hot Chili Peppers juntamente com o vocalista Anthony Kiedis. O mais recente álbum é o "I'm With You" de 2011. Até o momento, o Red Hot Chili Peppers já venderam mais de 65 milhões de álbuns em todo o mundo. O grupo detêm o recorde de mais hits número um na Alternative Songs (12) e ganharam 6 vezes o Grammy Awards. No dia de 14 de abril de 2012, o Red Hot Chili Peppers entrou na história da música ao entrar no Rock And Roll Hall Of Fame.

Parabéns Mauro Refosco!


Hoje, 16 de outubro de 2013, o percussionista brasileiro Mauro Refosco comemora 47 anos!

Vale a pena ler um pouco da história e trajetória do Mauro desde sua infância, colaborações musicais até a entrada ao Red Hot Chili Peppers como músico de apoio da turnê "I'm With You".

Biografia 
Mauro Refosco nasceu em Joaçaba, Santa Catarina. Quando garoto era o mascote do JEC (Joaçaba Esporte Clube) e desde aquele tempo sempre quis tocar algum instrumento com a banda que animava a torcida.

Ainda adolescente, que ele começou a levar a música a sério. Antes teve que convencer o pai, dono de uma oficina mecânica e que queria ver seus filhos doutores. Com 18 anos, Mauro deixou receoso Santa Catarina para estudar percussão em São Paulo, em um curso orquestral, com música contemporânea, na Unesp (Universidade Estadual Paulista).

Em 1992 mudou-se para Nova Iorque e se formou em Percussão na Manhattan School of Music. Mauro já tocou com diversos artistas como David Byrne, Lounge Lizard Band (de John Lurie), Bebel Gilberto entre outros. Em 2002 formou a banda Forró In The Dark, que teve a participação de David Byrne.

Convidado por Thom Yorke (Radiohead), participou do projeto Atoms For Peaces no fim de 2009, um grupo para tocar as musicas do disco solo de York, chamado The Eraser. Também participaram do projeto Flea (Red Hot Chili Peppers), Nigel Godriche e Joey Waronker.

Entrada ao Red Hot Chili Peppers 
Entrevista feita pelo Portal MTV sobre a entrada dele na banda:

Como foi sua chegada no Red Hot Chili Peppers? Mauro: O Chili Peppers é uma banda que, se você reparar, tem vários discos com percussão. Eles já tinham um lance de incorporar a percussão na gravação dos discos, mas geralmente era naquela fase em que o disco já está pronto e eles chamam alguém para acrescentar. Eu conheci o Flea no Atoms for Peace, e rolou uma coisa legal, ele deve ter convencido os outros a me chamarem pra participar. Peguei o processo bem no começo da gravação do disco, e quando você participa assim, o seu toque fica mais visível, que foi o que aconteceu no disco todo ("I'm With You").

Tanto que o primeiro single, que era 'Maggie', no primeiro take que a gente fez, ficou bem espontâneo. E acho que eles não alteraram nada do que foi feito. Tocar todos juntos altera também o jeito que o Chad toca, algumas frequências ele não precisa cobrir, e isso também influencia o jeito do Flea, que influencia o Josh, cria um efeito dominó. O tracking junto foi legal nesse sentido.

Refosco gravou com a banda 25 musicas para o álbum em outubro de 2010. Desde 2011 ele é membro de turnê da banda.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Review: Red Hot Chili Peppers live @ Porto Alegre, Rio Grande do Sul - 14/10/2002

Hoje, 14 de outubro de 2013, completa 11 anos do show do Red Hot Chili Peppers na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Foi a última apresentação da banda no Brasil durante a turnê mundial do álbum "By The Way" em 2002.

O grupo californiano Red Hot Chili Peppers encerrou em Porto Alegre (RS) sua mini-turnê brasileira. Foram colocados à venda 15 mil ingressos. Os dois shows que o Chili Peppers fez no Rio de Janeiro e em São Paulo empolgaram a platéia.

No Rio, foram 8.500 pessoas. Em São Paulo, 50 mil.

Os shows foram praticamente iguais, com abertura da música "By the Way", hit que emplacou o novo CD, com o mesmo nome. Sucessos antigos, no entanto, transformam a apresentação em algo memorável. A banda de abertura do show no entanto foi diferente dos shows em São Paulo e no Rio de Janeiro que tiveram a abertura da banda Detonautas. A banda de abertura do show em Porto Alegre foi da Comunidade Nin-Jitsu.

Depois de "Give it Away", talvez o maior sucesso, gravada em 1991, a banda embalou em "Under the Bridge" para terminar o show, com um bis de três músicas.

Red Hot Chili Peppers 
Onde: Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre (av. Padre Cacique, 981)
Quando: segunda, dia 14, às 21h15
Show de abertura: Comunidade Nin-Jitsu
Quanto: R$ 70 (arquibancada e pista) e R$ 100 (cadeira) 

Set-list:

1. Intro 
2. By The Way 
3. Scar Tissue 
4. Around The World 
5. Universally Speaking
6. Otherside 
7. Right On Time 
8. Don't Forget Me 
9. Easily 
10. Trow Away Your Television
11. Parallel Universe 
12. The Zephyr Song 
13. Venice Queen 
14. Californication 
15. Can't Stop 
16. Give it Away 

Encore: 

17. Chad Drum Solo 
18. Under The Bridge 
19. Me and My Friends

Fotos:




Red Hot Chili Peppers - Taste The Pain [Official Music Video]

Hoje, 14 de outubro de 2013, o videoclipe de "Taste The Pain" completa 24 anos de lançamento. O vídeo foi lançado no dia 14 de outubro de 1989 e foi dirigido por Tom Stern e Alex Winter.

domingo, 13 de outubro de 2013

Chad Smith irá tocar na Drum Clinic em Belo Horizonte no dia 02/11/2013


Pela primeira vez na América latina, nosso baterista irá se apresentar em uma Drum Clinic aqui em nosso país!

Drum Clinic com Chad Smith

No dia 2 de novembro, Chad Smith estará na capital mineira para uma “drum clinic” exclusiva com seus fãs. Será a primeira vez que o baterista participa de um evento como esse na América Latina. Durante o encontro, Chad falará um pouco sobre sua experiência musical e ensinará algumas de suas técnicas.

O evento será realizado em comemoração aos 10 anos do site RHCP BRASIL e contará com sorteios de brindes da Sabian, Bateras Beat, Serenata Instrumentos Musicais, Idol Camisetas e RHCP Brasil.

O músico estará no Brasil ao lado da banda Red Hot Chili Peppers para três shows em Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro.

Quando: 2 de novembro
Horário: 12h (meio-dia)
Onde: Hard Rock Cafe
Lotação máxima: 500 pessoas

Hard Rock Cafe BH, um dos melhores do mundo! 

Sem dúvidas o melhor lugar para receber este evento exclusivo! O Hard Rock Cafe foi o primeiro e permanece como o mais famoso restaurante temático e centro de entretenimento do mundo. Com decoração nostálgica, inspirada no Rock'n Roll, e expondo peças autênticas de vários artistas famosos. 




Endereço: Rua Senador Milton Campos, 155, Nova Lima, MG, Belo Horizonte.

Fontes: Site RHCP Brasil e RHCP.com.br/ChadSmith

sábado, 12 de outubro de 2013

Review: Red Hot Chili Peppers live @ São Paulo, São Paulo - 12/10/2002

50 mil pessoas lotaram o Pacaembu para assistir o Red Hot Chili Peppers
Hoje, 12 de outubro de 2013, completa 11 anos do show do Red Hot Chili Peppers em São Paulo - SP em turnê mundial do álbum "By The Way". O local do show foi no estádio do Pacaembu.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do show do Red Hot Chili Peppers, 50 mil pessoas foram ao estádio do Pacaembu na noite do sábado (12/10/2002) para assistir ao segundo show que a banda californiana faz no Brasil nesta semana. Na sexta-feira, dia 11, no Rio de Janeiro, o grupo lotou a casa de espetáculos ATL Hall, na Barra (zona oeste), quando fez seu primeiro show desta temporada no Brasil.

Tanto o show do Rio quanto o de São Paulo foram abertos pela banda Detonautas, que lançaram o primeiro CD. O show de abertura durou meia hora. Começou por volta de 20h27 e terminou às 20h57. O vocalista Tico terminou o show dizendo que havia visto o show do Red Hot no Rio e que gostou demais. "Os caras são foda", disse, no palco.

O show do Red Hot começou pouco antes das 22h com a música "By the Way", a exemplo da apresentação que a banda fez no Rio de Janeiro. Depois, cantou "Scar Tissue", do CD anterior, "Californication" (1999).

Durante o show, a VJ brasileira Fernanda Lima apareceu no palco para pedir para a platéia que parasse com o empurra-empurra para não derrubar a grade de segurança da frente do palco. "Vamos curtir o show na paz", pediu.

O show, que começou por volta das 21h45 e terminou às 23h30, reunindo cerca de 50 mil pessoas no Pacaembu, fica na memória dos fãs do Chili Peppers.

Este foi o segundo show deles no Brasil durante a turnê mundial do álbum "By The Way. O primeiro foi no dia anterior no Rio de Janeiro no ATL Hall. O outro show foi na cidade de Porto Alegre, no dia 14/10/2002.

Confiram o set list do show:

1. Intro
2. By The Way 
3. Scar Tissue 
4. Around the World 
5. Universally Speaking 
6. Otherside 
7. Suck My Kiss 
8. The Zephyr Song 
9. Paralel Universe 
10. If You Have to Ask 
11. Right On Time 
12. I Could Have Lied 
13. Can't Stop 
14. Californication 
15. Venice Queen 
16. Give it Away 
17. Under the Bridge 

Encore: 

18. Havana Affair 
19. Me and My friends

Vídeo do show: