quinta-feira, 30 de junho de 2011

Divulgado foto da gravação do novo clipe do Red Hot Chili Peppers

Foi divulgado via Twitter uma foto da gravação do novo clipe do Red Hot Chili Peppers, The Adventures Of Rain Dance Maggie, ao qual será lançado em breve.

Foto:



The Adventures of Raindance Maggie é o novo single do Red Hot Chili Peppers, e chegará as rádios de todo o mundo no dia 18 de Julho deste ano, a música fará parte do novo álbum da banda intitulado "I'm With You" que será lançado no dia 30 de Agosto de 2011.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Chad Smith fala da "nova era" da banda em entrevista


Em entrevista para a IGN.com, Chad Smith fala sobre essa "nova era" que os Red Hot Chili Peppers estão vivendo.

Na máteria Chad fala sobre a sensação diferente de se gravar cada um dos álbuns, a preparação das novas músicas, a influência de Rick Rubin na produção do CD e também sobre seus projetos paralelos. Uma excelente entrevista e vale muito a pena ler.

Confira a tradução da entrevista abaixo:
A banda está de volta após 5 anos. Chad Smith coloca tudo na balança e fala sobre a longa pausa sem gravar, sobre o guitarrista Josh Klinghoffer e sobre trabalhar com o lendário Rick Rubin. Os Red Hot Chili Peppers, em seus 27 anos de existência, se transformaram em divindades do rock simplesmente fazendo as coisas do jeito deles e deixando a música guiá-los. Depois de inúmeras turnês, álbuns de estúdio e uma série de mudanças de arranjo, o grupo está de volta e prestes a lançar músicas novas, pela primeira vez, em cinco anos. Tivemos a oportunidade de sentar com o grande e experiente baterista Chad Smith para falar sobre o que todo este tempo parado trouxe a eles, sobre como o novo guitarrista Josh Klinghoffer se encaixou à banda e o que o super produtor Rick Rubin agrega ao RHCP.

Levando em conta que vocês ficaram um bom tempo longe, quando vocês voltam ao estúdio, é a mesma coisa de sempre (como se fosse mais um trabalho) ou cada álbum tem uma vida própria?
Cada álbum tem uma vida própria, com certeza… Eu estou olhando para os mesmos rostos, com exceção do Josh Klinghoffer que agora toca guitarra conosco, e é claro, isso é uma grande mudança pra gente. Estávamos bem preparados para gravar, e esta é o melhor forma para que possamos fazer grandes álbuns. Eu sinto que no passado, quando estávamos ainda mais preparados, tudo se resumia em obter um bom desempenho. Algumas coisas irão mudar mas, pra nós, é assim que funciona. 

Estávamos bem preparados mas ainda assim é emocionante gravar novos álbuns. Nós somos tão sortudos e afortunados por fazer o que amamos, por fazer algo que realmente temos paixão. Foi uma experiência muito satisfatória e divertida. Quando estamos nos divertindo e tudo começa a fluir bem e de forma fácil, eu sei que coisas boas vão sair daí.

No que se diz respeito ao preparo, vocês ensaiam muito ou vai além disso?
Tudo parte do ponto que as músicas precisam estar redondinhas. Rick Rubin trabalha muito conosco no "prior to" – nós chamamos isso de pré-produção, onde nós tocamos nossas músicas para ele e ele nos passa as devidas considerações e idéias criativas. Daí nós trabalhamos em cima das músicas novamente para finalmente finalizá-las. Nós escrevemos músicas durante 11 meses, mais ou menos, e em seguida trabalhamos nelas por alguns meses com o Rick. E é isso o que eu quero dizer sobre estar preparado: ter as canções finalizadas na melhor forma de música possível. Daquela maneira que você se sente confortável de ouvir. A partir daí, a gente não faz mais nada de novo em cima das músicas. Tipo, é claro que algumas coisinhas mudam quando a gente entra no estúdio mas é basicamente o arranjo das músicas. Desta forma, você consegue se concentrar em simplesmente tocar todas as músicas e captar aquela magia que elas ganham no estúdio.

Obviamente, uma grande parte do sucesso da banda deve-se so Rick Rubin. Qual é o impacto específico dele em vocês? O que ele traz para a banda em termos de produção?
Ele tem tanto conhecimento sobre tantos aspectos musicais e ele é nosso amigo, nós confiamos nele e o que ele realmente faz é o seguinte: no começo, quando ele entra pra trabalhar conosco, ele é a aquele cara com as idéias frescas, que tem o ouvido bom. A gente começa a tocar uma música atrás da outra sem parar e pra gente é óbvio, algumas músicas que tocamos estão em seu formato final, mais do que outras. Mas ele gosta de ouvir todas as etapas, o progresso das músicas.

Nós confiamos nele porque ele entende muito de música e, muitas vezes, as suas idéias – eu diria que em 85% das vezes – irão melhorar a nossa música. Seja no arranjo, seja no "este tom está certo" ou "você deveria tentar isso". Muitas vezes suas idéias estão certas e isso torna a canção melhor, traz mais sentido pra ela. Nós meio que estamos por todos os lados e ele nos coloca em equilíbrio. Ele é muito conciso em suas idéias, tem um feeling muito preciso quando diz: "isto é o que eu ouço, esta é a essência desta música" e nos ajuda a ter foco naquilo. Ele é tipo um grande e amável urso de pelúcia e nos conhecemos há tanto tempo! Nos conhecemos uns aos outros tão bem! Nós trabalhamos muito bem juntos. Ele é muito útil e só vem melhorando mais e mais naquilo que ele faz.

O que assusta porque ele já é um daqueles caras que já chegaram no topo…
Eu sei, eu sei… É que ele ama tanto música. Ele é simplesmente um cara musical e não do tipo "olha, você pode tocar Mi menor ao invés de Ré". Ele é um cara de "feeling". Ele é fã de música e tem um instinto musical muito bom do que funciona melhor e do que pode ser mais útil pra gente.

Você está envolvido em vários projetos solo. Como você se sente fazendo isso em paralelo? Fazer um projeto seu ajuda no seu trabalho com os Peppers?
Todos nós tocamos com várias pessoas diferentes, sempre fizemos isso. Nós tiramos este tempo para simplesmente não estar nos Red Hot Chili Peppers por alguns anos e foi algo que dissemos que faríamos. E não simplesmente "ok, vamos dar um tempo". Pela primeira vez em dez anos, sempre foi:compor, gravar, ir em turnê e precisávamos de um tempo para quebrar este ciclo, ir atrás de fazer o que estávamos a fim de fazer em nossas vidas sem este tipo de comprometimento. Eu estava com o Sam, Mike e Joe do Chickenfoot e foi um processo divertido. Eu toquei no meu próprio grupo, fiz este tipo de fusão. Foi totalmente diferente do RHCP. Eu fiz um álbum infantil com Dick Van Dyke. Fiz de tudo. Toquei em um álbum do Kid Rock. Eu simplesmente acho saudável tocar com outras pessoas. Sou um músico, é isso o que eu faço, é isso que eu amo. Eu não vou simplesmente parar de tocar porque minha banda está parada naquele momento.

O que isso nos propicia, quando a gente volta, é sem comparação, toda a sua experiência e o que você faz vai pra dentro daquele projeto quando você toca.Não foi só o intervalo que foi bom mas tocar com outras pessoas e, em seguida, voltar… é como estar em um casamento de 23 anos e daí você dá um tempo e transa com uma gostosa.

Você volta e valoriza o amor, porque a gente se ama e temos algo muito especial… e claro, ter uma nova pessoa na banda é simplesmente incrível porque tudo soa como novo. Foi – e ainda continua sendo – um processo muito divertido e interessante poder conhecer e ter Josh como pessoa e músico. A contribuiçao dele para a música e para o álbum foi fantástica. A gente não precisou falar pra ele o que ele deveria fazer. Ele é uma pessoa muito criativa e toca baixo, bateria, piano, canta e toca guitarra, claro. Nós conhecemos o Josh há um longo tempo e tê-lo na banda foi um processo muito natural. Ele foi nossa primeira escolha. Nós até pensamos em outras pessoas mas já havíamos tocado com ele antes, ele foi em algumas turnês nossas no último álbum e nós o conhecemos há um bom tempo. Aí é que tá, temos alguém novo no grupo… e nós tivemos outros guitarristas antes, e a gente se pergunta "Como é este cara?" Esse tipo de coisa, toda a personalidade envolvida… e a nossa forma de trabalhar não é como um ou dois caras fizessem a composição das canções. Nós fazemos jam e improvisamos o tempo todo, essa é uma grande parte da nossa maneira de criar música e isso é um aspecto importante que temos. E nunca havíamos feito isto com ele, então ele entrou e se encaixou perfeitamente, e foi ótimo, e ele é um integrante do nosso grupo agora.

Como é para você este momento de antecipação antes do álbum sair?
Eu não posso simplesmente falar uma besteira do tipo: "Olha, este é meu trabalho artístico e eu não ligo para o que as pessoas pensam". Eu ligo sim, eu quero que as pessoas gostem, eu realmente quero. Porque eu acho que nós fazemos ótimas músicas e o mundo precisa de música boa e positiva por aí afora.

Logo, eu quero que o máximo de pessoas escutem este álbum.

Você trabalha em cima de algo por um longo tempo, é muito próximo ao seu coração, à sua alma, com quatro e cinco pessoas junto. Claro, em um certo ponto isso começa a soar de forma egoísta mas fazemos música para nós. Se nós gostamos, ótimo. Daí você coloca pra todo mundo no mundo ouvir e quem tiver que gostar, vai gostar. Eu acho que a graça é justamente não saber o que vai acontecer, é o desconhecido. Eu sei que as pessoas vão ouvir o álbum, eu acho que está ótimo e acho que as pessoas irão gostar. Nós iremos tocar nos shows, junto com outras músicas, por todo o mundo durante 1 ano e meio. É isso que vai acontecer. E é legal porque estamos pronto pra isso, estamos empolgados pra tocar. Estamos empolgados para tocar ao vivo, estamos tão empolgados com o álbum, estamos empolgados por ter Josh na banda.É como um verdadeiro recomeço pra nós depois de 27 anos. É ótimo.

Estamos prontos pra começar. Roendo as unhas.


Fonte: Ign.com.
Tradução: Ana Paula Mancini.
Agradecimentos: Site RHCP Brasil

Red Hot Chili Peppers anuncia mais um show em Paris


A banda fará um terceiro show em Paris, no Bercy na quarta feira, dia 19 de Outubro.

Pré-venda: 1° de Julho às 9:00 até 3 de Julho às 18:00 e venda para o público: 4 de Julho às 10:00.

Mais informações: Site Oficial RHCP

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Foto: Flea tocando piano com o vocalista/pianista Tony Beliveau

Foto de Flea tocando piano com o vocalista e pianista do Crash Kings, Tony Beliveau.



Essa foto foi enviada hoje pelo próprio twitter do grupo Crash Kings.

Crahs Kings é um power trio formado em Los Angeles em 2006. Além de Tony Beliveau, o grupo é formado pelo baixista (e irmão de Tony) Mike Beliveau, e o baterista Jason Morris. Seu primeiro álbum foi lançado em 2009 e o primeiro single, "Mountain Man", foi lançado nas rádios e na semana seguinte entrou na lista da Billboard de Música Alternativo.

Ouça: Mountain Man



Agradecimentos: Bruna Cora

Créditos:
redhotchilipeppers.com.br

domingo, 26 de junho de 2011

sábado, 25 de junho de 2011

Show do Red Hot Chili Peppers em São Paulo é confirmado na Arena Anhembi - 21/09


O Red Hot Chili Peppers irá se apresentar em São Paulo na Arena Anhembi no dia 21 de setembro de 2011.

Uma das maiores bandas de rock deste século anuncia sua turnê sul americana em setembro e faz em São Paulo apresentação única na Arena Anhembi. O show de abertura ficará a cargo da banda inglesa FOALS.

Uma das mais famosas e cultuadas bandas de rock do mundo, os Red Hot Chili Peppers estarão em São Paulo, no palco da Arena Anhembi, no dia 21 de setembro, onde apresentam a nova turnê mundial da banda, baseada no álbum "I'm With You", em mais uma realização da XYZ Live. Esta é a primeira passagem do grupo pelo país desde a turnê "By The Way" que foi vista em 2002 no Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

Poucas bandas de rock surgidas nos anos 80 conseguiram se manter no topo como os Red Hot Chili Peppers. Com uma mistura explosiva do punk rock com o funk, que influenciaria dezenas de bandas nos anos seguintes, o grupo vendeu 50 milhões de discos, ganhou sete Grammys, tem uma estrela na calçada da fama em Hollywood e se tornou a banda com o recorde de mais hits no primeiro lugar da parada Modern Rock da Revista Billboard – 10 ao todo.

A nova passagem dos Red Hot Chilli Peppers pelo Brasil será também a primeira turnê do grupo pelo continente desde 2002, e acontece simultâneamente ao lançamento do novo álbum da banda, que chega às lojas em toda a América Latina no próximo dia 30 de agosto. Gravado na Califórnia, "I'm With You" foi produzido por Rick Rubin, que também assinou os cinco álbuns anteriores da banda, e mixado por Andrew Scheps e Greg Fidelman.

A nova turnê da banda na América do Sul começa no dia 11 de setembro em Bogotá, Colombia, passa por São José da Costa Rica no dia 12 de setembro, Lima, no Peru, dia 14 de setembro, Santiago, no Chile, dia 16 de setembro e Buenos Aires, na Argentina, dia 18 de setembro. Depois chega ao Brasil, onde fará a apresentação em São Paulo, dia 21 de setembro e participa do Rock In Rio, dia 24 de setembro.

Formada em Oxford, Inglaterra, a banda Foals fará o show de abertura para os Red Hot Chilli Peppers na Arena Anhembi.

RED HOT CHILI PEPPERS
Banda de abertura: FOALS
Data: 21 de setembro – quarta-feira
Local: Arena Anhembi
Vendas: a partir de 05 de julho

PREÇOS
R$ 500,00 Pista Premium
R$ 200,00 Pista
* Estudante e aposentado pagam meia-entrada
Classificação etária
14 anos

BILHETERIA OFICIAL
(sem cobrança de Taxa de Conveniência)
Estádio do Morumbi – Bilheteria 2
Praça Roberto Gomes Pedrosa, S/N – Morumbi
Horário de Funcionamento:
De segunda a domingo – das 10h00 às 18h00
Dias de Jogos/Shows: fechado
Formas de pagamento:
Dinheiro, cartões de crédito Visa, Mastercard
e cartões de débito Visaelectron, Maestro e Redeshop

PONTOS DE VENDA
(sujeito a cobrança de Taxa de Conveniência)

MAIS INFORMAÇÕES:
http://www.midiorama.com.br/works/news/5464/red-hot-chili-peppers-no-brasil-2011/ 

SOBRE A ARENA ANHEMBI
Milhares de jovens já vieram ao espaço que tornou-se palco de grandes shows internacionais e nacionais. Festas eletrônicas, desfiles e feiras de negócios também acontecem aqui, aproveitando toda a versatilidade que os espaços do Anhembi Parque oferecem.

A Arena Anhembi é o primeiro lugar para eventos aberto que possui infra-estrutura fixa para a realização de atividades culturais e esportivas. Além disso, torres multimídia dão apoio para equipamentos de som, luz, telecomunicação e geradores de efeitos especiais.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Área com 22.936 m², com capacidade para 30.000 pessoas.
70 banheiros fixos, 2 bares, posto médicos e salas de apoio (centro de controle e organização).
Rede física possui canaletas de piso, com suporte para água, energia, telecomunicação e dados.
Piso técnico com estrutura para "house mix".

Obrigado por tudo Hillel Slovak!


Hillel Slovak nasceu em Haifa no dia 13 de abril de 1962, e foi viver na Califórnia em 1967. Aprendeu a tocar guitarra no liceu Fairfax High School e pela mesma altura conheceu Anthony Kiedis e Michael Balzary (também conhecido por Flea), a quem ele ensinou a tocar baixo. Formaram uma banda e para o primeiro concerto chamaram-se "Tony Flow and the Miraculously Majestic Masters of Mayhem"; em 1983 mudaram de nome para Red Hot Chili Peppers.

Quando tinha 15 anos, Michael Balzary, Hillel Slovak e Jack Irons eram três amigos que tinham algumas ambições musicais formando a banda chamada Anthym. Um dos grandes admiradores dessa banda era Anthony Kiedis, também amigo de infância de Michael (Flea), Hillel e Irons. No verão de 1981 Flea sai do "Anthym" e vai para o Fear, uma banda punk de Los Angeles. Hillel e Irons permanecem no “Anthym”, agora conhecida como What is This?, com Anthony fazendo parte do conjunto.

O guitarrista não participou das gravações do primeiro álbum da banda, o The Red Hot Chili Peppers, de 1983, pois estava em processo de gravação com a banda What Is This, junto com, o então baterista, Jack Irons. Por determinações legais, eles não poderiam gravar álbuns pelas duas bandas então optaram por continuar na What Is This.

Em 1985 Hillel retornou e gravou Freaky Styley, lançado em 85, e com o retorno de Jack Irons, gravaram juntos o Uplifty Mofo Party Plan, de 87.

Descançe em paz Hillel, obrigado por tudo! (Haifa, 13 de abril de 1962 — Los Angeles, 25 de junho de 1988).

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Nova foto e entrevista da banda para a revista Rolling Stone

Tradução

O renascimento radical do Red Hot Chili Peppers

Com um novo guitarrista e um novo álbum a caminho, os "Chili's" estão de volta à ação.

JOSH KLINGHOFFER, o novo guitarrista do Red Hot Chili Peppers, pode te dizer o dia exato em que começou a escrever músicas com a banda: 12 de outubro de 2009. Seu antecessor, John Frusciante, já havia saído, embora ele não tenha anunciado oficialmente até dezembro. Klinghoffer já havia trabalhado com os Chili Peppers, como membro de apoio no última turnê. Mas naquele dia, em Los Angeles, ele estava tocando com o vocalista Anthony Kiedis, o baixista Flea e o baterista Chad Smith pela primeira vez como um membro oficial.

Klinghoffer, Flea e Smith estavam "apenas fazendo uma jam", o guitarrista lembra, "quando Anthony chegou e disse: "Nós perdemos um grande homem hoje". Brendan Mullen, que dirigia um club histórico de punk em L.A. chamado The Masque, e era um amigo íntimo dos Chili Peppers, havia morrido por causa de um derrame. "Foi um jeito estranho de começar", Klinghoffer, 31 anos, diz. "Um começo e um fim. De algum jeito, aquela musica saiu disso".

Ele está se referindo a "Brendan's Death Song", uma homenagem dinâmica para Mullen - parte acústico depressivo, parte hard-rock, que está no novo álbum deles, "I'm With You".
"Anthony começou cantando, e nós começamos a tocar". Flea lembra, ainda encantado.
"Foi a primeira música do álbum". 
O quarteto escreveu uma parte de outra música naquele dia, um funk obscuro com riffs raivosos, intitulado "Annie Wants a Baby". Que também estará no álbum, que foi produzido por Rick Rubin e que vai ser lançado no dia 30 de agosto, pela Warner Bros.

"Agradeço a Deus pela mudança", Kiedis diz, sentado na sala de estar de sua casa em Malibu. "Historicamente, era sempre assim. Toda vez que tudo parece estar às mil maravilhas, algo catastrófico acontece."

O cantor vira e sorri para Klinghoffer, que está ao seu lado no sofá. "Agora eu sei que quando aquilo aconteceu, algo lindo iria sair disso", Kiedis diz.

"Sempre procuramos crescer musicalmente, mas é como se o universo conspirasse para ser assim", Flea afirma, todo alegre em sua casa em Malibu, que fica próxima a de Kiedis. "Josh não é um guitarrista virtuoso como John. Ele é um cara completo, que também toca bateria e piano. Não tem ninguém nesse mundo melhor para essa posição. E ele já estava tocando com nós".

Os Chili Peppers tem uma vida de 28 anos de tumultos: tensões internas, problemas com drogas - incluindo a morte por overdose do guitarrista original Hillel Slovak em 1988; e uma extraordinária lista de guitarristas. A banda também migrou de uma bruta fusão de punk e hip hop, para uma máquina de fazer hits hard-pop, que já vendeu mais de 60 milhões de álbuns ao redor do mundo. "I'm With You" tem vários funk-rock com swing, a marca dos Chili Peppers. Uma das músicas, "Monarchy of Roses", tinha o título de "Disco Sabbath". É fácil entender o motivo.  

Mas o álbum marca uma mudança do que o Flea descreve como "uma banda estilo Led Zeppelin, com grandes riffs e partes definidas", para algo mais próximo do clássico Rolling Stones, com ênfase em "músicas, vibe e feeling".
"Even You Brutus?" é uma balada pesada com piano com toques do Aerosmith das antigas.

"I'm With You" também conta com a voz forte e melódica de Kiedis. Rubin, que produz os álbuns dos Chili Peppers por 2 décadas, diz que "enquanto fazíamos os vocais, eu ouvi uma música do Californication (1999) no rádio. Fiquei chocado em ver como Anthony está melhor agora. Desde o começo da banda, ele melhorou muito. Ele não cantava nos 4 primeiros álbuns, tudo que ele fazia era "rap".

"Essa é uma nova banda", Smith diz, sentado no chão da casa do Flea. "Nós temos o mesmo nome, mas é uma nova banda".

Foi um renascimento difícil. Em 2007, depois de uma longa turnê do Stadium Arcadium (2006), Kiedis, Smith, Flea e Frusciante entraram em hiatus.
Flea, que o nome real é Michael Balzary, insistiu por 2 anos. E ele não tinha certeza se ele iria voltar. "Era um pensamento que eu tinha", ele confessa.
"Eu só sabia que tinha que dar um tempo".

Ele tocou com Patti Smith e fez turnê com Thom Yorke, do Radiohead. Flea também entrou na Universidade da Califórnia, onde teve aulas de teoria de música e composição. Sua lição de casa incluia análises de Bach.

"Isso torna mais fácil escrever músicas", Flea diz. "Eu escrevi muitas no piano. Eu nunca tinha feito isso antes".

Smith passou o tempo com seu filho, e tocou com o Chickenfoot. Kiedis passou por um término de relacionamento, e cuidou de seu filho Everly, agora com 3 anos.
Depois de um tempo, o cantor foi hospitalizado por 2 semanas depois que sua vesícula irrompeu "como uma granada", que nem ele diz. (Ele surfou durante seu período de rehabilitação).

Frusciante deixou a banda antes de eles terminarem o hiatus, mas os outros membros não tentaram mudar sua decisão. "Ele não estava feliz", Kiedis diz. "E parecia óbvio que Josh era a pessoa certa". 
Nascido em Los Angeles, Klinghoffer largou a escola quando tinha 15 anos para se dedicar à música. (Ele é um parente distante de Leon Klinghoffer, que foi assassinado por terroristas no Achille Lauro em 1985. "Ele era primo de 4º ou 5º grau do meu avô", Josh diz).

Na última década, como um músico de apoio, Klinghoffer trabalhou com artistas como Beck e PJ Harvey, e também em seus projetos solos. Antes mesmo de viajar com os Chili Peppers, ele já aparecia em alguns álbuns solo de Frusciante.

"Ele não é o John", Rubin diz, "mas Josh fala a língua do John melhor do que qualquer um, por causa dos anos em que tocaram juntos".

"Não há dúvidas que esse é um recomeço", Kiedis diz sobre "I'm With You".
"Eu sei quando fazemos músicas medíocres e quando fazemos músicas boas. E mal posso esperar para tocar essas novas. Ensaiamos como uma banda ao vivo por 2 semanas. No primeiro dia, estava feliz por não ter um show naquele dia, não estava na hora. Mas lá pelo dia 10, eu estava: se tivéssemos um show hoje, iríamos arrebentar"  

Fontes:  

Agradecimentos pela tradução: Amanda Olivieri

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Red Hot Chili Peppers e John Frusciante nas revistas Total Guitar e Q Magazine

A banda Red Hot Chili Peppers e John Frusciante estão presentes nas revistas britânica Total Guitar (Junho/2011) e Q Magazine (Julho/2011).
­
Na edição de junho de 2011 da revista britânica Total Guitar foi escrito um arquivo e tablaturas da música "Breaking The Girl" do álbum "Blood Sugar Sex Magik" (1991).
­
Seguem abaixo as fotos da edição:





A seguir uma pequena citação do John sobre seu periodo sob toxicodependência, que irá sair na edição do próximo mês da revista Britânica Q Magazine:
­

 Outubro de 1999:
"Quando eu tinha 27 anos eu tive um ano onde eu sentia que não era eu, um ano onde me sentia como se eu fosse um impostor, onde eu não merecia ser chamado de John Frusciante. Foi o pior ano da minha vida. Mas terminou tudo bem. Embora o resto do mundo ainda não quisesse nada comigo, eu ainda era feliz dentro de mim através da dança, escrevendo e tocando guitarra. Eu estava tentando gravar músicas, mas nunca conseguia acaba-las, fazer do modo que eu queria na medida que as drogas tinham seus efeitos. Eu estava fumando crack e usando heroína durante todo o dia, muito rápido, cheirando cocaína, bebendo vinho, tomando valium. Eu estava tão perto de me matar. Se eu tivesse uma arma eu definitivamente teria me matado. Mas quando esses pensamentos passavam muito rápido pela minha cabeça e a sensação era de que eu estava prestes a morrer, apareciam esses avisos dos espíritos me dizendo: Você não quer morrer agora. Eu podia vê-los, era como se estivessem no meu quarto. E voltei a ter contato com o espírito que é John Frusciante, eu sabia que eu era quem eu sou e quem eu sempre fui, e não me sinto mais como um impostor. Eu não fumo cigarros, eu não bebo álcool, não uso qualquer droga. Estou em um estado mental saudável hoje. Se amanhã eu estiver em um quarto de hotel fumando crack eu não poderei fazer nada sobre isso. É o que eu estou me levando a fazer, se é o que eu sou me levando a fazer, eu tenho que deixar que isso me ajude."

Créditos: Invisible-Movement.net / UniversoFrusciante.com

terça-feira, 21 de junho de 2011

Rick Rubin fala sobre o álbum "I'm With You" e Josh Klinghoffer


O novo disco do Red Hot Chili Peppers, "I'm With You", que teve seu setlist revelado recentemente, será lançado em 30 de agosto. O álbum teve alguns detalhes revelados por seu produtor, Rick Rubin. 

Segundo Rubin, a produção deste novo trabalho foi intensa e poderia render mais um disco duplo, como foi "Stadium Arcadium" (2006), álbum mais recente dos californianos.  Em entrevista à revista Bilboard, Rubin explicou que a escolha de repertório foi dolorosa, mas "achamos que seria demais. Nós realmente queríamos que fossem 12 músicas, mas acabou sendo 14 porque não chegamos a um acordo sobre quais 12 seriam".

Ele ainda comentou sobre o papel do novo guitarrista do grupo, Josh Klinghoffer. "É fantástico. O estilo dele é muito parecido com John mas ele tem uma 'viagem' diferente. Soa como um Red Hot Chili Peppers que você nunca ouviu antes", explicou.

Fonte: Billboard.com

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Divulgação do show do Red Hot Chili Peppers e Mars Volta em Hong Kong

Conforme anunciado no blog recentemente, o Red Hot Chili Peppers irá se apresentar em Hong Kong pela primeira vez no dia 09 de agosto desse ano.

Foi divulgado também o cartaz de divulgação do show da banda juntamente com a banda Mars Volta, ao qual já está nas ruas de Hong Kong.

Foto:

domingo, 19 de junho de 2011

Campanha: Peça Red Hot Chili Peppers nas rádios


Com os novos anúncios como a chegada do novo álbum intitulado "I'm With You" que será lançado no dia 30 de agosto, o novo single intitulado "The Adventures of Rain Dance Maggie" que chegará nas rádios de todo o mundo no dia 18 de julho, turnês mundiais e shows aqui no Brasil, já está mais do que na hora de começar uma campanha em nosso país para levantar o nome de nossa banda preferida. Vamos começar a pedir músicas do RHCP nas rádios, mandar informações deles para as rádios e com isso manter o nome da banda em nosso país.

Peça RHCP nas rádios!
Se cada um de vocês aqui da comunidade pedir na sua região já faz com que o Brasil escute RHCP!
Tanto que é bom ligar o rádio e ouvir RHCP sabendo que outras pessoas também estão ouvindo junto com você, sintonizadas na mesma rádio!

Créditos: Raphael de Andrade

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Divulgado datas da turnê européia da banda para este ano


Foi divulgado as datas de shows marcados para a turnê européia da banda durante este ano de 2011, lembrando que mais datas e shows serão anunciado ainda. Segue abaixo a lista de shows:


Data Cidade Local Data início das vendas
07/10/11 Alemanha, Colónia     Lanxess Arena       25 de Junho
09/10/11 Alemanha, Hamburgo     O2 World       25 de Junho
11/10/11 Suécia, Estocolmo     Ericsson Globe Arena       21 de Junho
12/10/11 Suécia, Estocolmo     Ericsson Globe Arena       21 de Junho
14/10/11 Dinamarca, Herning     Boxen Arena       22 de Junho
16/10/11 Holanda, Rotterdam     Ahoy       23 de Junho
18/10/11 França, Paris     Bercy       27 de Junho
21/10/11 Alemanha, Frankfurt     Festhalle       25 de Junho
04/12/11 Alemanha, Berlim     O2 World       25 de Junho
05/12/11 Alemanha, Munique     Olympiahalle       25 de Junho
07/12/11 Áustria, Viena     Stadthalle       25 de Junho
10/12/11 Itália, Torino     Palaolimpico       04 de Julho
11/12/11 Itália, Milão     Forum       04 de Julho
13/12/11 Suiça, Zurique     Hallenstadion       23  de Julho
15/12/11 Espanha, Barcelona     Palau Sant Jordi       30  de Julho
17/12/11 Espanha, Madrid     Palacio de Deportes de la Comunidad       30  de Julho
 

Créditos: http://redhotchilipeppers.com/2011/06/17/european-tour-dates/

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Josh Klinghoffer participa de programa de Bob Forrest


Hoje, à 00:00 (meia noite), foi transmitido no site Indie1031.com o programa do Bob Forrest que contou a participação de Josh Klinghoffer. Foi disponibilizado o download em mp3 do programa:

Músicas:

Tennis Shoes
You Won't Be Missed
It's Alright
Hurt
LA Country Hometown Blues
Aspirations (Stoned)
Rainin' (4AM) 

http://www.4shared.com/file/pAXH3bFu/Josh_and_Bob_-_Radio_Indie1031.html

http://www.4shared.com/file/3PJbV6wI/Josh_and_Bob_-_Radio_Indie1031.html

Créditos: Ana Paula

terça-feira, 14 de junho de 2011

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Flea divulga as faixas do novo álbum "I'm With You"

Flea acaba de postar em seu Twitter todas as faixas do novo álbum do Red Hot Chili Peppers que será lançado oficialmente no dia 30 de agosto desse ano. Segue a lista abaixo:

1. Monarchy of roses
2. Factory of faith
3. Brendan's death song
4. Ethiopia
5. Annie wants a baby
6. Look around
7. The adventures of rain dance Maggie
8. Did I let you know (this I know)
9. Goodbye hooray
10. Happiness loves company
11. Police station
12. Even you Brutus?
13. Meet me at the corner
14. Dance, dance, dance

Fonte:

domingo, 12 de junho de 2011

Red Hot Chili Peppers confirma show em São Paulo


É com grande felicidade que o site RHCP Brasil divulga em primeira mão que foi confirmado um show do Red Hot Chili Peppers em São Paulo. Teremos mais um show além do Rock in Rio. A informação é da agência All Access Media.

Será a mesma produtora que já havia demonstrado interesse em trazer a banda pra São Paulo. E inclusive a mesma que está produzindo o show da Katy Perry e do cantor Eric Clapton.

O Red Hot Chili Peppers voltará ao Brasil após 9 anos e vai se apresentar no Rock In Rio e também em São Paulo com sua nova turnê do álbum, I'm With You.

Segue o link do site.
http://www.redhotchilipeppers.com.br/newspepper/2011/06/confirmado-show-rhcp-em-sp

Acompanhem tudo através do Twitter
http://twitter.com/rhcpbr

sábado, 11 de junho de 2011

Red Hot Chili Peppers irá tocar em Paris nos dias 18 e 19 de outubro desse ano

Foto: Red Hot Chili Peppers live in Parc Des Princes, Paris - 2007
O site Infoconcert.com anunciou que a próxima turnê européia do Red Hot Chili Peppers vai passar por Paris, em outubro de 2011. O local ainda não está definido ainda e se várias noites serão planejadas. O último show a banda tocou na França, realizada em Paris (Parc des Princes) no dia 06 de julho de 2007.

Fonte: http://www.infoconcert.com
 

Outra notícia:

Red Hot Chili Peppers irá tocar em Paris, nos dia 18 e 19 de outubro de 2011!

A Virgin Radio France confirmou que o Red Hot Chili Peppers irá tocar em Paris, nos dias 18 e 19 de outubro de 2011, para dois concertos no Palais Omnisports de Paris Bercy para sua turnê mundial de "I'm With You"!

Fonte: http://www.virginradio.fr

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Nova entrevista de Flea e Josh Klinghoffer

 

Depois do anúncio do décimo álbum do Red Hot Chili Peppers, o baixista Flea disse que a banda irá fazer uma turnê mundial, e a Austrália irá fazer parte. 

 

Como vocês podem ouvir no vídeo, Triple M's Higgo conversou com Flea, que está celebrando 30 anos como um Chili Pepper, e com o novo guitarrista Josh Klinghoffer sobre o lançamento do primeiro single "The Adventure of Raindance Maggie", e perguntou à eles sobre planos de uma turnê na Austrália.


"Acho que em 2012" disse Josh, e Flea completou "Não estamos prontos pra anunciar os shows ainda, porque provavelmente iremos levar umas marteladas na cabeça dos nossos empresários, mas iremos fazer uma turnê mundial e Austrália está nos planos."

Se for no começo de 2012, poderia ser no Big Day Out? (festival)

"Eu não sei se vai ser, mas iremos à Austrália com certeza e mal podemos esperar por isso" , Flea disse.

"Eu amo a Austrália com todo meu coração, e o sangue australiano corre pelas minhas veias".

O primeiro single dos Red Hot Chili Peppers, "The Adventures Of Raindance Maggie" , vai ser lançado dia 18 de julho, e o álbum "I'm With You" no dia 30 de agosto.


Agradecimentos: Amanda Olivieri

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Nova entrevista da banda para a revista Rolling Stone


Na entrevista concedida a revista Rolling Stone, os Peppers divulgam o nome de músicas do novo álbum. São elas: The Adventures of Raindance Maggie (que já publicamos aqui e será o primeiro single), The Monarchy of Roses, Factory of FaithGoodbye Hooray. Também falam sobre o novo disco possuir 14 faixas, diferente das entrevistas onde diziam que o álbum teria apenas doze músicas.

Veja a entrevista completa abaixo.

Por Dentro do Álbum de Retorno dos Chili Peppers

"Não há dúvida - isso é um começo" diz Anthony Kiedis, vocalista dos Red Hot Chili Peppers, em sua primeira entrevista sobre o novo disco da banda, I’m With You, que será lançado pela Warner Bros. no dia 30 de Agosto. "É, o sol está nascendo por aqui."

Produzido por Rick Rubin, I'm With You é o primeiro álbum de estúdio do quarteto de Los Angeles desde o duplo de 2006, Stadium Arcadium. O disco com 14 músicas também marca a estréia do novo guitarrista dos Chili Peppers, Josh Klinghoffer, que se juntou à banda no fim de 2009 após a saída de John Frusciante. O ex-guitarrista foi um importante compositor assim como músico nos maiores disco dos Chili Peppers, incluindo Blood Sugar Sex Magik, de 1991 e Californication, de 1999. Mas após a saída, Kiedis e o baixista Flea "tiveram uma intuição", diz o vocalista. "Nós não acabamos. Queríamos manter os Red Hot Chili Peppers se pudéssemos fazer de uma maneira que apoiasse historicamente o que já tínhamos realizado."

"Foram umas conversas interessantes", continua Kiedis, "sobre se deveríamos procurar alguém que não conhecíamos, ou talvez alguém logo ali 'no nosso quintal' que seria a solução perfeita." Klinghoffer, 31, foi um veterano músico de apoio que havia gravado e saído em turnês com Beck, PJ Harvey e Tricky, entre outro. Também era amigo de Frusciante, trabalhando em muitos dos discos solo do guitarrista e tocado com os Chili Peppers em sua última turnê mundial, como segunda guitarra e teclado.

"Eu senti que tinha a experiência," diz Klinghoffer em sua primeira entrevista à imprensa, sentado ao lado de Kiedis num sofá na casa do cantor em Malibu. "Não houve realmente um período de adaptação. Isso é tocar música com pessoas que admiro e sou amigo há anos."

"Josh não tem faltados com as suas obrigações" nota Kiedis. "Sua voz é tão dominante quanto qualquer outra nas gravações." Isso é literalmente verdade. Além da guitarra, Josh contribuiu com os teclados e backing vocals. Também co-escreveu as músicas com Kiedis, Flea e o baterista Chad Smith.

O primeiro single do disco, "The Adverntures of Rain Dance Maggie", é uma mudança hard-pop no clássico funk dos Chili Peppers, com uma arrepiante linha de baixo e um ritmo disco marcado no refrão que lembra os Rolling Stones do fim dos anos 70. Na verdade, Flea compara a rica e propulsiva interação em I'm With You – a mistura de exploração de jams, detalhes de textura na guitarra e ganchos habilidosos nas músicas como "The Monarchy of Roses", "Factory of Faith" e "Goodbye Hooray" - aos discos clássicos dos Stones como Exile on Main Street e Tattoo You, os quais ele ouviu religiosamente enquanto os Chili Peppers escreviam e improvisavam o novo material em 2009 e 2010. "É sobre um sentimento e uma música" diz Flea sobre a ligação,""sobre todo mundo se envolvendo no momento, não apenas no riff".

Os Chili Peppers estão atualmente ensaiando e planejando sair em uma extensa turnê para promover I'm With You. "Eternamente" é como Flea define. "Sei quando escrevemos coisas medíocres, e quando escrevemos coisas boas” diz Kiedis. “Mal posso esperar para sair por aí e tocar isso."

Fonte: David Fricke – Revista Rolling Stone.
Agradecimentos: Douglas Rodrigues.
Tradução: Bia.
 

quarta-feira, 8 de junho de 2011

12 anos de lançamento do álbum Californication


Hoje, 08 de junho de 2011, o álbum Californication completa 12 anos de lançamento

Californication é o sétimo álbum de estúdio da banda Red Hot Chili Peppers, lançado em junho de 1999 pela Warner e produzido por Rick Rubin. O álbum é composto por Anthony Kiedis no vocal, Flea no baixo, Chad Smith na bateria e o álbum marca a volta do guitarrista John Frusciante na banda.

Grande parte do álbum foi escrito nas casas dos membros da banda, em meados de 1998. Kiedis e Frusciante, muitas vezes passamos dias juntos discutir criação de canções, riffs de guitarra e de conteúdo lírico. Baixo e percussão aspectos do registro foram construídos através de jam sessions e do trabalho individual de Flea e Smith.

A gravação do cd ocorreu no Cello Studios em Los Angeles e depois de tocar algumas músicas, a banda decidiu que a música Scar Tissue seria o primeiro single do álbum. De acordo com o John Frusciante: "A música Scar Tissue é um exemplo muito simpes de técnica, mas eu acho que é um estilo que se parece comigo."

As músicas escolhidas para serem videoclipes foram: Scar Tissue, Around The World, Otherside, Californication e Road Trippin'.

Parabéns ao cd!

Mais informações do novo álbum "I'm With You"


Os Red Hot Chili Peppers irão lançar seu décimo álbum de estúdio, "I'm With You", pela Warner Bros Records em 30 de agosto de 2011. Gravado no East West Em Los Angeles, e Shangri-La, em Malibu, Califórnia, "I'm With You" foi produzido por Rick Rubin, que produziu a banda nos últimos cinco álbuns de "Stadium Arcadium" em 2006; "By The Way" em 2002; "Californication" em 1999; "One Hot Minute" em 1995 e "Blood Sugar Sex Magik" em 1991. O álbum foi mixado por Andrew Scheps e Greg Fidelman.
 
"I'm With You" é o primeiro álbum da banda desde o álbum duplo "Stadium Arcadium", que estreou no número 1 em 28 países ao redor do mundo, incluindo os EUA - seu primeiro álbum número um do quarteto de Los Angeles. O álbum gerou três "Number One Modern Rock" com os hits: "Dani California" (que passou 14 semanas como número 1 e é uma das três canções na história da Billboard à estrear em 1º lugar), "Tell Me Baby", e "Snow (Hey Oh)". Para divulgar "Stadium Arcadium", o Red Hot Chili Peppers tocou para milhões de fãs ao redor do mundo ao longo de 2006 e 2007, incluindo Europa e América do Norte, aparições no festival Fuji, no Japão e Live Earth em Londres, e destaques no Lollapalooza, em Chicago, e os Festivais de Reading e Leeds, no Reino Unido.
 
Um dos atos de maiores sucesso na história do rock, os Red Hot Chili Peppers já venderam mais de 60 milhões de álbuns, incluindo cinco LPs multi-platina, e ganhou seis prêmios Grammy, incluindo "Best Rock Album" para "Stadium Arcadium", "Best Rock Performance de Duo ou Grupo "por" Dani California", "Melhor Canção Rock" para "Scar Tissue" e "Melhor Performance de Hard Rock com Vocal" para "Give It Away". A banda detém o recorde de maior No. 1 de singles de todos os tempos na Rádio Alternativa, de um total de 11, e um combinado de 81 semanas como número 1.
 
Red Hot Chili Peppers, que é formado pelo vocalista Anthony Kiedis, o baixista Flea, o baterista Chad Smith e o guitarrista Josh Klinghoffer, irá se apresentar em Hong Konk, no Summer Sonic Festival do Japão em Osaka em 13 de agosto e em Tóquio, em 14 de agosto. Eles também irão tocar no Rock in Rio Festival no Rio de Janeiro, Brasil em 24 de setembro.

www.redhotchilipeppers.com
www.facebook.com/redhotchilipeppers
www.twitter.com/chilipeppers

terça-feira, 7 de junho de 2011

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Nome, single e data do novo álbum é divulgado


Flea e Chad Smith divulgaram a poucos instantes por meio de seus Twitters, o tão aguardado nome do novo álbum. Segundo eles, o álbum terá o nome "I'm With You" e será lançado no dia 30 de Agosto de 2011.

Chad também divulgou a data do lançamento do primeiro single nas rádios. Será no dia 18 de Julho e terá o nome "The Adventure of Raindance Maggie".

O novo CD será o décimo disco de estúdio da banda e o primeiro com o guitarrista Josh Klinghoffer.



Saiba mais informações em: 
http://www.redhotchilipeppers.com/2011/06/05/new-album/

http://www.redhotchilipeppers.com.br/newspepper/2011/06/flea-e-chad-divulgam-nome-do-novo-cd-nome-do-primeiro-single-e-datas-de-lancamento/

sábado, 4 de junho de 2011

Red Hot Chili Peppers confirma show em Hong Kong em agosto


Conforme publicado no blog em março desse ano, a banda confirmou que irá tocar em Hong Kong no dia 09 de agosto desse ano.

'' First Ever Hong Kong Concert - http://redhotchilipeppers.com/2011/06/03/red-hot-chili-peppers-first-ever-hong-kong-concert/ ''

Os Red Hot Chili Peppers estão orgulhosos de anunciar sua primeira visita a Hong Kong. O concerto será no dia 09 de agosto, terça-feira, 20:00 na Arena AsiaWorld.

Os ingressos estarão à venda a partir 10:00 do dia 09 de junho.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Foto e novidades do novo álbum do Chickenfoot

Banda em estúdio de gravação do novo álbum
Chickenfoot, o supergrupo de rock com o ex-vocalista do Van Halen Sammy Hagar e o baixista Michael Anthony, o guitarrista Joe Satriani e o baterista Chad Smith do Red Hot Chili Peppers, voltaram ao estúdio no início deste mês para continuar a trabalhar no seu segundo álbum, que deve chegar antes o final do ano. Segundo Satriani, o novo CD "é mais pesado e melhor do que o primeiro." Ele acrescenta: "Eu não consigo esperar para ser lançado!"
­ 

O novo álbum do Chickenfoot será provisoriamente mixado em junho. As sessões de gravação de CD's iniciais eram supervisionados por Mike Fraser, um canadense produtor, engenheiro e um mixador, que já trabalhou com AC/DC, Metallica e Aerosmith. Alguns nomes de músicas já estão definidos para aparecer no álbum, que incluem "No Change", "Who's Next", "Astral Years" e "I Ain't Got You, I Got The Two By Blues".

Sammy Hagar revelou em março que o segundo álbum do Chickenfoot será chamado de "Chickenfoot IV". Ele disse:" É o título do trabalho, mas eu garanto que vou ficar". O baterista Chad Smith ainda confirmou que o nome do novo álbum realmente será "Chickenfoot IV".
­ 

Chad Smith confirmou recentemente que ele não fará uma turnê com o Chickenfoot este ano, em apoio do segundo álbum da banda devido a agenda de shows com o seu grupo principal, o Red Hot Chili Peppers.
­ 
O disco de estréia do Chickenfoot auto-intitulado foi lançado em junho de 2009 e foi certificado de ouro pelas vendas de mais de 500.000 cópias. 
­ 
Créditos: http://www.roadrunnerrecords.com/blabbermouth.net/news.aspx?mode=Article&newsitemID=158813

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Chad Smith participa de show de lançamento do 1º álbum da banda "Outernational"


Hoje, o baterista  Chad Smith irá tocar no lançamento do primeiro álbum da banda Outernational, no The Roxy (West Hollywood, Califórnia).

A banda foi "apadrinhada" por Tom Morello e este primeiro álbum será lançado após o sucesso no site Kickstarter, onde conseguiram financiamento de $20 mil dollares para a gravação. Com isto, a banda pretende também disponibilizar gratuitamente o primeiro EP "Todos Somos Illegales EP/Mixtape".

O novo álbum, além de ter a colaboração de Chad Smith nas baquetas, ainda conta com a co-produção de Tom Morello e do Engenheiro de som Jim Scott.

Mais informações: Site Oficial do Outernational

Créditos: Site RHCP Brasil

Josh Klinghoffer faz participação em show do Thelonious Monster - 27/05

Thelonious Monster iria tocar no Rhino Records em Los Angeles no dia 27 de maio. Mas o baterista Pete Weiss estava atrasado.

Mantendo a tradição, um Chili Peppers foi substituí-lo. Josh Klinghoffer começou o show na bateria, enquanto Pete tentava chegar até o local. Quando ele chegou, Josh tocou guitarra até o final do show.

Vídeo da música Try, com Josh na bateria:




Fotos: 






Fonte: DJRokyManson no Stadium-arcadium.com
 
Agradecimentos: Amanda / Site RHCP Brasil